Make your own free website on Tripod.com

Maria Luísa Tavares

About Me

Home | Próximos Projectos / Future Projects | About Me | Links to some of my projects | Contact Me | Picture Gallery

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig. Terminou os estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.
Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.
Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de Maestros como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Capela Joanina), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos, Zoltán Peskó, Giovanni Andreoli e Donato Renzetti (Teatro Nacional de S.Carlos/Orquestra Sinfónica Portuguesa), Pedro Carneiro(Orquestra de Câmara Portuguesa), Harry Christophers e Christina Pluhar (Divino Sospiro).
Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose,  Il Barbiere di Siviglia (G.Rossini), como Berta, La Déscente d'Orphée aux Enfers (M.A.Charpentier), no papel de Proserpine, e Die Zauberflöte (W.A.Mozart), como Segunda Dama.

Em Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

É elemento efectivo do Coro do TNSC, e colabora regularmente com agrupamentos de câmara,  em Portugal e na Holanda, tais como o Nederlands Kamerkoor, o Grupo Vocal Olisipo (dir. Armando Possante), o Kassiopeia Quintet (com o qual está a gravar o IV, V e VI livros de madrigais de D.Carlo Gesualdo), a Capela Joanina (dir.João Paulo Janeiro), o Ensemble Barroco La Nave Va (que fundou juntamente com o flautista António Carrilho), e o trio Breathing of Statues (com a soprano Orlanda Velez Isidro e o alaúdista Tiago Matias).

Com estes grupos tem-se apresentado nos mais prestigiados Festivais de Música, sendo de salientar o Festival de S.Roque, o Festival Terras Sem Sombra, o Festival Internacional de Música de Mafra, a Temporada de Cravo de Óbidos, o Festival de Música de Alcobaça, o Festival Are-More em Vigo, e o Gesualdo Festival na Holanda.

 

 

 
 

Born in Lisboa, Portugal, she finished her singing studies in 1998 at the “Centre d’Etudes Musicales Supérieures”, in Toulouse, where she studied with Marie Thérèse Cahn, Jean Christophe Benoît and Gabriel Bacquier.

She also studied the interpretation of  Baroque Music at the Department of Early Music in Toulouse and at the “Academia de Música  Antiga de Lisboa”, having worked with Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt and Hervé Nicquet.

Since 1998, she has sung as a soloist with conductors such as Brad Cohen (Oporto Opera Studio and Remix Ensemble), Jorge Matta (Gulbenkian Orchestra), João Paulo Santos and Zoltán Peskó (Orquestra Sinfónica Portuguesa), Richard Gwilt, Harry Christophers and Christina Pluhar.

She has also taken part in several Operas, such as “Venus and Adonis” (John Blow), in the role of Venus, “Dido and Aeneas” (H.Purcell), in the role of Dido, “L’Amore Industrioso” (João de Sousa Carvalho), as Giulietta, “Il Barbieri di Siviglia” (G.Rossini), as Berta, “The Turn of the Screw” (B.Britten), in the role of Mrs.Grose,  “La Déscente d’Orphée aux Enfers” (M.A.Charpentier), as Proserpina, and “Die Zauberflöte”, as Zweiter Dame.

She collaborates regularly with chamber music and baroque ensembles, such as Grupo Vocal Olisipo, the Kassiopeia Quintet (with whom she’s currently recording the the 4th, 5th and 6th Books of Madrigals of Don carlo Gesualdo), the portuguese baroque orchestra Divino Sospiro, and the baroque ensemble La Nave Va (that she founded with recorder player Antonio Carrilho).

She also works with the Nederland Kamerkoor, as a freelance singer, since 2006.

In October 2003 she was awarded the 3rd prize in the Concours International de Chant Baroque de Chimay, in Belgium.

 

 

 

 

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Em Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Em Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Em Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Em

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

E

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de Canto com a Professora Maria Antónia Palhares, tendo posteriormente trabalhado com Álvaro Malta, e, no Conservatório Nacional, com Filomena Amaro. Trabalha actualmente com Elena Nentwig.

Terminou os seus estudos em 1998, no Centre d’Etudes Musicales Supérieures de Toulouse, com a professora Marie-Thérèse Cahn.

Estudou interpretação do repertório barroco no Departamento de Música Antiga do Conservatório de Toulouse, e na Academia de Música Antiga de Lisboa, tendo trabalhado com Jill Feldman, Guillemette Laurens, Richard Gwilt, Antonio Florio, e Hervé Nicquet, entre outros.

Desde 1998, tem-se apresentado a solo sob a direcção de diversos Maestros, tais como Richard Gwilt, João Paulo Janeiro (Grupo de Música Antiga Flores de Música), Jorge Matta (Orquestra Gulbenkian), Cesário Costa (Orquestra de Câmara Musicare), Brad Cohen (Estúdio de Ópera do Porto e Remix Ensemble), César Viana (Sinfonia B), Nikolai Lalov (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras), António Lourenço (Orquestra das Beiras), Ferreira Lobo (Companhia Portuguesa de Ópera e Orquestra do Norte), João Paulo Santos e Zoltán Peskó (TNSC).

Participou nas óperas Venus and Adonis (John Blow), no papel de Venus, Dido and Aeneas (H.Purcell), como Dido, L’Amore Industrioso (João de Sousa Carvalho), como Giulietta, The turn of the Screw (B.Britten), como Mrs.Grose, e Il Barbieri di Siviglia (G.Rossini), no papel de Berta.

Recentemente, interpretou o Stabat Mater e Salve Regina de G.B.Pergolesi com a orquestra barroca Divino Sospiro, e participou numa série de concertos em Portugal e na Galiza, com a cravista Ana Mafalda Castro e o flautista António Carrilho.

Futuros projectos incluem um concerto com o Trio Staedler no próximo Festival Internacional de Música de Mafra, um concerto no Festival de Óbidos com o Coro e Orquestra do Teatro Nacional de S.Carlos, e as óperas Venus & Adonis (John Blow), Dido & Aeneas (Henry Purcell) e La Descente d’Orphée aux Enfers (Marc-Antoine Charpentier) em Faro, Óbidos e Vigo, respectivamente.

Colabora regularmente com agrupamentos de câmara, nomeadamente o Grupo Vocal Olisipo, o Ensemble Barroco do Chiado,  o ensemble La Nave Va, e o trio Breathing of Statues, com a soprano Orlanda Velez Isidro e a alaúdista Regina Albanez.

Em Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

m Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

 Outubro de 2003, obteve o 3º Prémio no Concours International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

International de Chant Baroque de Chimay, na Bélgica.

 

 

 

 

I might talk about how old I am, what I look like, and what I do for a living. (I'll try to be truthful!)

I might also include some information about my personal history: where I grew up, where I went to school, various places I've lived. If I have one, I'll include a picture of myself engaging in an activity I enjoy, such as a sport or hobby.

Backpacker taking a drink; Size=180 pixels wide
Taking a break from work

What a job!

I might describe my job in a little more detail here. I'll write about what I do, what I like best about it, and even some of the frustrations. (A job with frustrations? Hard to believe, huh?)

Favorites

Here's a list of some of my favorite movies:

Jules and Jim, Manhattan, Breaking the Waves

Here's a list of some of my favorite music:

Nirvana, Frank Sinatra, Ibrahim Ferrer